Pré Temporada concluída

Notícias Dez 18, 2020

  Nosso terceiro e último jogo de preparação antes da estréia contra a equipe do Lakers no próximo dia 22, o LA Clippers foi novamente derrotado, chegando a três derrotas em três jogos. Com isso, o que podemos ter de positivo:
 O sistema é diferente, interessante e dá indícios que é muito melhor que o antigo sob comando de Doc Rivers. Podemos notar nas derrotas que o time está tentando encaixar um bom ritmo e também municiando Paul George em diversas situações com a bola e até mesmo sem a bola, nesses jogos deu pra notar George sendo muito bem utilizado.
 Quintetos em quadra variados e versatilidade defensiva marcou a nova cara do Clippers.

@LAClippers

  Defesa
 O Sistema Defensivo será um setor nesta temporada, que precisamos ficar de olho por causa de todas as peças que Tyronn Lue tem a disposição. O que o time apresentou nesses três jogos de preparação, deve ser explorado durante todo o ano.
 Nosso principal coordenador defensivo se chama Dan Craig, ex assistente do Erik Spoelstra em Miami, e nesses jogos, em algumas situações do jogo vimos diversas mudanças na defesa. O time marcou em zona 2-1-2, marcou homem a homem, BOX em algumas posses, principalmente nos jogos contra o Lakers e também uma dobra em determinados setores do ataque adversário.
 O que podemos concluir é que o time vai marcar de diversas formas e encontrar maneiras de parar os ataques adversários. Peças, Tyronn Lue possui.

  Formações
  O único que não jogou, terá minutos e será titular, é Marcus Morris. Com dores no joelho, o jogador foi limitado apenas a trabalhos de aquecimento pré jogo e acompanhou o time direto do banco de Reservas.
 Lue utilizou na 4, jogadores como Nicolas Batum e Patrick Patterson, Kabengele também atuou, mas este não deve fazer parte da rotação do time. Batum por suas características, foi utilizado como o homem que faz o trabalho sujo pro time, função que Morris também exerce, e foi muito bem nesse papel, matou até algumas bolas de três para consolidar sua participação.
  No último jogo, Ibaka não atuou e com isso, Zubac retornou ao time principal. O ponto forte do Zubac é que ele é um jogador EFETIVO, não é o melhor da posição, mas faz o seu trabalho bem feito e não se tem do que reclamar. Foi o que aconteceu no ano passado com Kawhi, PG e Morris você consegue tirar o melhor do Zubac por explorar diversos aspectos no jogo, como o P&R com ele que é subestimado, onde são pontos fáceis que o time pode fazer e também o jogo em transição, que por ser mais novo que o Ibaka, tem suas vantagens.
  Poderia ser feito um emparelhamento como o do ano passado, que o Harrell jogava com a unidade titular e também com a unidade que entrava com ele do banco. Zubac é mais efetivo com os titulares que facilitam mais o seu desempenho, principalmente ofensivamente e com o Ibaka da mesma forma, pode atuar com o banco e com os titulares, de início, manteria o Zubac de titular, porque jogos como o de ontem, em que o adversário tem um BIG de respeito da liga, o matchup é mais favorável pro Zubac.

@LAClippers

  Pontos Positivos
 Lou Williams, Mfiondu Kabengele e Luke Kennard.
 Lou fez uma pré temporada boa, acertando arremessos e foi mais um finalizador do que um Playmaker nessa segunda unidade do banco. Com as movimentações que Lue deve implementar pro time e não deixar nenhum segundo sequer o time sem Kawhi ou PG em quadra, a função de Williams deve ser mais um scorer, confiante vai ser muito útil.
  Kabengele teve uma evolução absurda do Rookie que era na temporada passada. Está mais confiante, arremessando bem, espaçando a quadra e nesse sistema novo do Lue deve ser muito útil. Não tenho certeza se ele será utilizado com frequência, mas é um bom jogador.
  A surpresa desse ano deve ficar entre Paul George e Luke Kennard, um dos dois, deve ser o grande diferencial no time, se for os dois, melhor ainda. Luke teve seu melhor jogo entre os três disputados, ontem. Fez 13 pontos, defendeu muito bem e está adquirindo a confiança do grupo e também do seu jogo, lembrando que Kennard está vindo de uma lesão que te limitou a 28 jogos no ano passado, sendo o último em Dezembro de 2019.

 Nosso próximo compromisso é na próxima terça feira, 22 de dezembro, às 00h  (Horário Brasilia), contra o Los Angeles Lakers.
 Vai começar nossa temporada Nação!
#ClipperNation
#LAOurWay